O colecionador que tem quase todas as camisas da copa de 98

O morador de Santa Rita, Rodrigo Herculano, de 32 anos, tem um acervo para deixar qualquer um de queixo caído. Ele tem nada mais, nada menos, que 31 camisas das 32 seleções que disputaram a copa do mundo de 1998. Ele não para por aí… para a coleção ficar completa falta apenas mais uma: a da Arábia Saudita. Atualmente, ele tem 31 camisas titulares, 10 reservas e três de goleiro. Ele busca também outras 12 camisas reservas usadas na Copa, da Arábia Saudita, Bélgica, Bulgária, Camarões, Colômbia, Coreia do Sul, Dinamarca, Escócia, Irã, Marrocos, Paraguai e Iugoslávia.

“Não tenho a reserva do Brasil, já que o time só jogou de amarelo, então não faço questão”, explica Rodrigo, sobre os critérios da coleção. “Uma das reservas que tenho, da Jamaica, não foi usada na Copa, assim como a de goleiro do México”, pontua o colecionador, de Santa Rita do Sapucaí (MG).

Em 98, ele já tinha duas camisas titulares da seleção da Alemanha e Jamaica e uma reserva da Argentina. Quando viu que sua coleção estava aumentando, ele resolveu procurar mais peças, inclusive em brechós virtuais, e procurou outros colecionadores. E, como todo colecionador, tem uma certa loucura: Rodrigo foi comprar quatro camisas de um estrangeiro sem ter a certeza se a encomenda chegaria ao destino. “No fim, deu tudo certo”, disse em tom de alívio. “Também consegui quatro camisas com Martinho Júnior. Anderson Fernandes Borges me ajudou a achar a do Paraguai.”, fazendo um agradecimento aos amigos que o ajudaram.

Sua busca real é pela camisa da Arábia Saudita. Ele disse que essa camisa é difícil de achar, pelo fato de ela ser feita por uma marca não famosa que se chamava Shamel, e que a seleção só a usou durante um ano, mas que mesmo assim a vontade de obtê-lá é grande. Para enfim completar sua coleção, o torcedor do Vasco da Gama já se desfez de parte de seu acervo. Hoje, Rodrigo tem cerca de 250 camisas de futebol, de 40 seleções. As blusas de que o colecionador não abre mão são as que estampam patrocínios de empresas de videogame.

(www.torcedores.com)

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY