Cidade mineira inspira obra de realismo fantástico

Imagine um lugar chamado Capituva que é uma cópia exagerada de uma típica cidade do interior mineiro. Pois esta foi a inspiração encontrada por Carlos Romero Carneiro ao produzir uma ficção sobre nostalgia e viagem no tempo que chega às livrarias a partir de junho de 2017. O romance “Conexão Hirsch – Nostalgia Obsessões e Viagens no tempo” acontece nos meados da década de 70 e conta a história de um jornalista fascinado pelo passado que desenvolve o dom de se projetar no tempo e conhecer inúmeras histórias escondidas ao seu redor. Muitas “locações” são reais e servem de ilustração ao primeiro romance do autor. Todos os personagens são fictícios e transitam livremente entre ruas e construções de um município imaginário que se sobrepõe a Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais.

Curta a página do livro no Facebook

O romance será lançado pela Penalux e vendido em todo o país. Tal editora é reconhecida pela publicação de importantes nomes da literatura brasileira e será responsável pela distribuição da obra. “Conexão Hirsch – Nostalgia, obsessões e viagens no tempo” trará uma série de inovações ao meio literário, como a possibilidade de interação tecnológica e outros recursos.

Viagem no tempo

Viagem no tempo e retorno ao passado sempre renderam muitas histórias na literatura ou no cinema. O fascínio que tal interação exerce sobre o público mantém o tema em evidência e atrai uma multidão de leitores. O que chama a atenção em “Conexão Hirsch” é o uso de tal artifício na construção de uma história curiosa e, ao mesmo tempo, trágica.

Sinopse

Você já teve uma sensação estranha ao caminhar por uma antiga rua ou adentrar um casarão em ruínas? Foi acometido pelo mal-estar ao tocar uma fotografia velha ou ter um objeto nas mãos? Gabriel experimentava as mesmas sensações e tornou-se obcecado em absorver os fluidos confinados em Capituva. Tudo não passava de intuição, até conhecer um homem que mudaria para sempre a sua vida. Através dos ensinamentos de Amarante, o jornalista desvendaria as técnicas de absorção do passado e teria acesso a centenas de histórias escondidas ao seu redor. O encontro com um judeu russo, entretanto, colocaria sua vida em risco. Que relação haveria entre o protagonista e uma criança morta há mais de meio século? Mistérios, devaneios e uma certeza: é impossível abandonar o livro antes da última linha.

Interação tecnológica

O autor lança mão de ferramentas tecnológicas para tornar a experiência ainda mais complexa. Ao estabelecer um fluxo para a narrativa, utilizou uma trilha sonora ouvida enquanto produzia a obra que pode ser acessada através do Spotify. A fictícia Capituva pode ser conhecida através do Google Maps ou em visita à cidade. Para quem estiver disposto a conhecer os caminhos percorridos pelas personagens poderá acessar links em QRCode e ter acesso a vídeos onde o autor mostra como imaginou as cenas. “Minha intenção foi promover uma experiência única, unindo tecnologia e ficção, em diversas plataformas. Os personagens são fictícios, mas as locações estão lá, para quem quiser conhecer.”

Especificações da obra:
Título: Conexão Hirsch
Autor: Carlos Romero Carneiro
Editora: Penalux
Facebook: Curta a página no Facebook para saber sobre o lançamento
Lançamento: Junho de 2017.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY