Democráticos comemora 85 anos com retorno ao morro do Zé da Silva

Diretores, Marquinho Tatinha e Gustavo Carneiro, falam um pouco sobre o aguardado desfile.

Como surgiu a ideia de retornar à praça?

Tatinha: Neste ano, a prefeitura nos chamou e nos convidou a retornar às tradições. A ideia era recriarmos os antigos carnavais de uma maneira diferente dos últimos desfiles na avenida Delfim Moreira. O Bloco dos Democráticos abraçou a causa e resolvemos, em parceria com o Ride Palhaço, realizar os desfiles novamente na Praça Santa Rita. Sendo assim, faremos um desfile bem diferente em 2020. Tradicional no sentido de retornarmos às nossas origens e inovador já que precisaremos nos adaptar às mudanças necessárias para realizar um desfile seguro e confortável.

O que esperar do desfile dos blocos neste carnaval?

Gustavo: Em comemoração aos 85 anos do nosso bloco, a iluminação será toda em LED, fornecida pela prefeitura. O som voltará a ser como acontecia antes, através de caminhões montados para atender às necessidades específicas de nosso projeto. Além deste som, a cargo de Rinaldo Brandão, contaremos com equipamentos de som na praça Santa Rita, de forma a atender ao público que irá aguardar pela passagem das agremiações. Como não teremos iluminação própria, a prefeitura irá oferecer um isolamento por cordas. Já na praça, talvez tenhamos grades baixas, o que ainda não é 100% certeza.

E como será a iluminação dos Blocos neste carnaval?

Tatinha: a iluminação fornecida pela prefeitura acontecerá da altura da Escolinha de Fátima até o desfecho ao redor da praça.

Qual será a temática do Bloco dos Democráticos?

Gustavo: O tema dos Democráticos em 2020 será “Vem sonhar com a gente”, síntese do sonho que nós tínhamos de voltar a descer o morro, reviver as tradições criadas pelos mais antigos e contornar a Praça Santa Rita. O tema, por este motivo, resgata um pouco dos anos em que nosso bloco desfilou, remetendo aos desfiles mais inesquecíveis da agremiação.

Há novidades para o Democráticos 2020?

Tatinha: Todas as ações serão feitas com intenção de revivermos aquele ritual em torno dos desfiles. Isso com a diferença de que tudo o que acontecia em três dias (Bloco de Gala, Bloco das Crianças e Bloco dos Adultos) será feito em uma única noite.

As inscrições continuam abertas?

Tatinha: Sim! As inscrições continuam abertas, mas a adesão tem sido muito grande. Pessoas que um dia desfilaram nos Democráticos têm nos procurado para desfilar novamente – sozinhas ou com filhos e netos. A ideia é voltar um pouquinho no tempo para nos lembrarmos como era divertido e belo descer o morro do Zé da Silva e contornar uma praça toda iluminada.

Serão três noites em uma?

Gustavo: Isso mesmo! E como acontecerão três noites em uma, há espaço para todos. Há espaço para as crianças, para aqueles que preferem vestir uma fantasia mais conservadora e até para fantasias luxuosas. Assim como o Bloco será dividido em três partes, nossos carros e alegorias também seguirão a mesma linha. Será algo muito interessante, já que mesclaremos o tradicional ao inédito. Será uma noite imperdível para os santa-ritenses que conheceram os blocos como eram no princípio e para aqueles que gostariam de conhecê-los!

E a rivalidade?

Tatinha: a rivalidade nunca vai morrer, mas tornou-se mais sadia e cooperativa nos tempos atuais. Cada bloco continua mantendo os seus segredos, esconde o mais importante, mas muita coisa mudou de lá para cá. Posso dizer que, no dia em que a rivalidade desaparecer, os blocos deixarão de existir. Assim como o Ride Palhaço precisa do Bloco dos Democráticos para existir, nós também dependemos deles para vencer! Por este motivo, jamais os decepcionamos nestes 85 anos! Sempre lembrando que o morro ainda é nosso. Nossa democracia começa da Escolinha para baixo!

Quem serão as rainhas e porta-estandartes dos blocos?

Gustavo: A rainha da ala dos adultos será a Tatiana Carvalho Laucas e a rainha das crianças será a sua filha, Maria Clara Carvalho Laucas. Como porta estandarte dos adultos nós teremos a Marina Sampaio e, na ala das crianças, contaremos com Ana Carolina Ribeiro Lacerda. É tradição que se renova: agora e sempre!

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY